Buscar

O que podemos aprender com as crises anteriores

Atualizado: Abr 14




O que as crises anteriores e o posicionamento atual de grandes marcas pode nos ensinar sobre o momento que estamos vivendo? Esse conteúdo tem como objetivo te auxiliar a planejar estratégias para a sua empresa com insights e boas práticas. Vamos lá!

O que aprendemos com empresas que venceram crises anteriores

O Kantar Brasil Insights forneceu informações preciosas sobre crises anteriores, onde eles analisaram como empresas, que cresceram cinco vezes mais depois de uma crise econômica, investiram durante esse período. Com essa análise, eles perceberam que, durante a crise, essas empresas:

  • Aumentaram o investimento em marketing;

  • Aumentaram o investimento em pesquisa e desenvolvimento;

  • Aumentaram o investimento em novos produtos;

  • Mantiveram o preço relativo em relação ao mercado;

  • Melhoraram a preferência do consumidor;

  • Cortaram o administrativo;

  • Mantiveram ou cortaram os ativos fixos;

  • Mantiveram ou cortaram o capital de giro.

Essas foram as estratégias vencedoras das empresas que conseguiram vencer a crise e até aumentar o seu faturamento após esse período.

O que aprendemos com o posicionamento atual das marcas e empresas

Muitas empresas de varejo tem se posicionado com ações que transmitem empatia e aproximação, fixando assim suas marcas na memória de seus consumidores como uma empresa prestativa e consciente durante a crise. Vejamos alguns exemplos:



Fonte: Americanas; RedeTOP; Pão de Açúcar; Superpão


É inquestionável a necessidade do mercado de se adaptar ao momento que estamos vivendo, porém mais do que isso, pesquisas realizadas pelo Katar apontam que 88% da população deseja saber sobre os esforços da empresa ou marca para melhorar e enfrentar a situação. Além disso, um relatório disponibilizado pelo Edelman Trust Barometer indica que 96% das pessoas esperam que as empresas se juntem ao governo e órgãos de socorro para solucionar a crise.

Para atrair a atenção e reter clientes nesse momento, é preciso realizar ações para vendas dos seus produtos, mas também – e principalmente – demonstrar como a sua empresa pode ajudar a sociedade e que auxílio o seu negócio tem trazido para solucionar a crise.

Com isso, queremos destacar algumas oportunidades e dicas:

Em sua comunicação:

· Demonstre o lado humano da sua empresa, priorizando pessoas sempre, acima de qualquer fator;

· Pense em soluções e auxílios sociais que o seu supermercado pode oferecer, se possível apresente a comunidade como isso será feito e como as pessoas podem ajudar;

· Ações de conscientização nesse momento são muito bem vindas. Estimule boas práticas como: não estocar produtos, comprar somente o essencial, só uma pessoa da família ir as compras, entre outros.

· Cuidado para não apresentar em qualquer divulgação algum tipo de comportamento que não seja recomendado pelo ministério da saúde;

· Uma ação que possa ter qualquer viés oportunista, mesmo que não seja a intenção inicialmente, pode impactar negativamente a sua empresa por muito tempo. Sempre esteja muito atento e seja cuidadoso ao falar da situação atual. Busque sempre ser respeitoso e priorizar as pessoas, não o lucro.

Já a respeito dos seus produtos e vendas, responder a algumas perguntas pode te auxiliar a pensar em novas estratégias:

· Quais são os recursos que as pessoas precisarão nesse momento ou após esse período para se adaptar? Existem produtos esquecidos que talvez muitas pessoas precisem após a quarentena que o seu supermercado já pode começar a oferecer.

· Como sua empresa pode se tornar ainda mais digital? Mesmo depois que esse período passar, muitos comportamentos adotados agora, poderão perdurar, se forem mais práticos. Sua empresa precisa estar pronta para isso e fidelizar clientes nesse momento.

· Como produtos tidos como supérfluos podem continuar vendendo? Nesse momento, as pessoas concentram suas compras nos produtos essenciais, como o recomendado. Porém, alguns produtos podem trazer satisfação nesse momento difícil e, caso sejam acessíveis, é bem provável que pessoas continuem comprando. Tais produtos podem ser uma boa oportunidade.

· Como fidelizar meus clientes nesse momento? Provavelmente, pessoas não comprarão produtos muito caros e duráveis nesse momento, porque suas compras precisam ser reduzidas e o que possível adiado, mas isso não quer dizer o seu supermercado necessariamente perderá tais vendas, só que elas serão adiadas – se o cliente for fidelizado a sua empresa. Esse é o momento de ações e iniciativas que aproximem o seu negócio aos seus clientes, e assim tornem sua empresa um referencial que será lembrado mesmo após a pandemia. Investir em fixação da marca e fidelização de clientes nesse momento não é perda de tempo, mas uma das principais formas de fazer com que o seu supermercado cresça após a crise.

É momento de aproximação e empatia. Entenda o que os seus clientes precisam, auxilie seus consumidores a resolverem seus problemas e melhorarem sua rotina e demonstre que o seu supermercado se importa com o que está acontecendo no mundo e está agindo no que pode para solucionar a crise.


Fonte: Kantar; Edelman Trust Barometer


#SupplyChain #CoronaVirus #Supermercados

Endereço

Rua 1822, 330, Sala 02 - Centro

88.330-484

Balneário Camboriú - SC -Brasil

Informações

contato@indikatore.com

(47) 3056-0470

(47) 99626-5621

Siga nossas redes sociais.

© 2019 - Indikatore