Buscar

O impacto do Corona Vírus no comércio varejista

Atualizado: Jun 4



Desde o início de 2020, o mundo tem acompanhado a evolução do COVID-19 e suas consequências para os diversos setores da nossa sociedade.

No dia 26 de fevereiro tivemos o primeiro caso no Brasil e, assim como todas as demais áreas, a economia tem sido diretamente impactada com a disseminação dos vírus desde então.

Nesse momento, planejamento, estratégia e pensamento coletivo são essenciais para os próximos momentos do nosso país.


Impacto do COVID-19 no consumo


A forma como o cliente se relaciona com as compras, depende diretamente da situação em que o seu país ou estado se encontra.

Um documento disponibilizado pela Nielsen, afirma que o comportamento do consumidor muda de acordo com o nível de disseminação do vírus.

Segundo eles, podemos classificar este comportamento em algumas etapas:





Sugestões de iniciativas a serem tomadas pelo comércio varejista


Ainda não sabemos exatamente como serão as próximas semanas no nosso país, mas com certeza muitas mudanças na forma como vivemos até então virão. É necessário que o comércio esteja preparado para suprir e se adaptar se necessário a novas formas de consumo. Algumas sugestões para esse momento:


  • Antes de tudo, precisamos pensar coletivamente

É um momento de crise e muitas incertezas. Pessoas têm comprado exageradamente produtos e quantidades desnecessárias.

É muito importante que nesse momento os varejos e atacados ajam conscientemente, e não incentivem tais comportamentos com promoções, combos, etc.

Por outro lado, é importante também não aproveitar o momento para aumentar os preços e prejudicar os consumidores locais.

Cada um precisa agir com responsabilidade social e fazer a sua parte.


  • Tranquilize o seu consumidor

É importante demonstrar que a sua equipe está atuante na prevenção contra o vírus.

No momento atual, todos as medidas de higiene são essenciais. Álcool em gel em bancadas e caixas, luvas e máscaras nos funcionários, pagamentos somente em cartão são algumas atitudes que podem ser tomadas dependendo da viabilidade disso na sua cidade, e que tranquilizam o seu cliente na hora da compra.


  • Mantenha seus clientes informados

Aproveite as mídias sociais para informar seus clientes sobre quaisquer alterações no horário de funcionamento, faltas de produtos, atrasos em entregas e qualquer outra informação que seria importante para o seu consumidor.


  • Mudando com o consumo

Aqui no Brasil, ainda não fomos orientados a fechar os supermercados e, mesmo nos países com uma contaminação maior, os supermercados podem continuar atuando. Porém, é certo que o fluxo de pessoas nas em estabelecimentos vai diminuir nos lugares em quarentena.

Se a sua empresa possui uma opção de venda online, esse é o momento para divulgá-la ainda mais. Se não possui, é uma boa hora para adotá-la, se possível. Talvez não seja possível criar uma loja online em tão pouco tempo, mas temos as redes sociais, Whatsapp, telefonemas e outras medidas que podem ser usadas para facilitar a compra do cliente, de alguma forma.

Com certeza isso causará um grande impacto nas suas vendas.


  • Fique de olho nos produtos essenciais e de higiene

Em todos os países com contaminação de Corona Vírus, o consumo de itens essenciais (arroz, feijão, carne, papel higiênico, etc.) e de higiene, principalmente álcool e sabonetes, aumentaram muito.

No Canadá, por exemplo, o consumo do álcool em gel aumentou 166%. Esses produtos precisam de uma atenção especial do seu setor de compras e reposição, pois são os itens que, com certeza, estarão em constante consumo neste período.


  • Conte com as funcionalidades do seu sistema para gestão de abastecimento e demanda

Se você possui um sistema para planejamento de abastecimento, conte com as funcionalidades estratégicas deste software para planejar as próximas semanas de forma mais assertiva.

Um sistema de supply chain te ajuda a planejar, levando em conta os prazos de entrega do fornecedor, o espaço no seu centro de distribuição, o espaço disponível nas suas lojas e vários outros fatores importantes nesse momento.

Com certeza, fará toda a diferença no seu planejamento estratégico.


Se você não possui um sistema para gestão de abastecimento e demanda, é um bom momento para planejar a inserção de um sistema para supply chain no seu supermercado.

Se possui alguma dúvida sobre isso, fale conosco, podemos te ajudar.

Endereço

Rua 1822, 330, Sala 02 - Centro

88.330-484

Balneário Camboriú - SC -Brasil

Informações

contato@indikatore.com

(47) 3056-0470

(47) 99626-5621

Siga nossas redes sociais.

© 2019 - Indikatore